ze leitor

 

Friozinho na barriga, as mãos suam, a visão fica turva e você não para de pensar naquele momento único e especial na sua vida. É meus amigos, não é amor não, isso se chama TCC! O TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) é um trabalho acadêmico, muito utilizado no ensino superior como forma de efetuar uma avaliação final dos graduandos, que contemple a diversidade dos aspectos de sua formação universitária. Após 4, 5 ou mais anos cursando sua querida graduação, estudando para provas, se empenhando em trabalhos árduos e perdendo fim de semanas inteiros afim de estudar, eis que então o temido TCC aparece e nos deixa sem dormir, sem comer e sem viver (o pouco que vivíamos). TCC não se resume em um trabalho de conclusão de curso; na verdade é um teste de nervos e coloca sua paciência e amizades à prova a todo o momento. Sem exageros! E se não bastasse, coisas importantes aparecem e te deixa surtado! Sua namorada (o) diz: “Você não tem tempo mais pra mim”, seus amigos que não fazem TCC te chama pra sair e os que fazem acabam desaparecendo. CALMA! As coisas não são tão ruins assim. O TCC é o último trabalho da sua graduação e você está a um passo de se formar. A banca vai avaliar o trabalho desenvolvido em toda sua graduação e ver como você vai apresentar e o quanto entende do assunto (é, eu não estou ajudando né?). Todos temos que passar por essa fase, antes de sair e dizer: ‘’ Eu me formei”. Ainda não disse o porquê deste tema não é?
Na semana passada eu (o #MacacoCareca) e o nosso querido #OrangotangoRuivo (vulgo Visconde ou Luís) participamos do Laborex (Laboratório Experimental) que na verdade é um “mini TCC” onde nos prepara para nossa graduação em Publicidade. O nosso TCC consiste em: Montar uma agência de publicidade (com toda a burocracia de documentação, nome, investimentos e afins) e criar toda campanha publicitária (outdoor, revista, jornal, papelaria, mídia) para um cliente real.

 

Resolvi então escrever sobre isso (depois da ajuda dos meus queridos amigos #ZÉstagiários e a da nossa querida Diretoria) porque fiquei sem vida social (e mídia social também) durante este trajeto. Não se assuste, até porque não existe nada no mundo comparado a apresentação de um trabalho bem feito. Meses de pesquisa, de procura, de orientações, de brigas de grupo, de frustrações, de desespero se resumem a chegar lá e mostrar o que você entendeu e o que você sabe do assunto abordado. Com certeza, se houver dedicação, se você gostar do que está fazendo e se realmente é aquilo que você quer, o resultado não vai te surpreender (como me surpreendeu). Algumas dicas para não se enrolar com esse trabalho:

 

1 – Adiante o máximo que conseguir: Pesquise sobre o assunto, corra atrás e adiante o máximo possível para não se sobrecarregar no final.
2 – Aproveite cada minuto livre para fazer o TCC: Horário de almoço, depois que chega da faculdade, no banho, em qualquer lugar.
3 – Comece a escrever o trabalho nas normas da ABNT: Ajuda bastante, principalmente se o seu book for um pouco extenso.
4 – Pense na banca depois de entregar o TCC: Obviamente que você não vai fazer algo mal feito mas se preocupe com o conteúdo e com o que você sabe. O reflexo aparece na sua apresentação e a banca vai perceber.
5 – Converse bastante com seu orientador: Pergunte, opine, discuta (no bom sentindo) e questione. Tire o máximo de conhecimento que você conseguir, isso ajuda muito.

Bem pessoal, essa é a minha opinião sobre o temido TCC. Concordam? Discordam? Opinem e até a próxima!

OBS: O motivo do atraso do post foi explicado no texto: Laborex :O