No vagão de Social Media do MetrôSP

.. ou o dia que levei o Zé para andar de Metrô em São Paulo!

MetroSP3

Locomover-se em São Paulo – a cidade mais populosa do Brasil, do continente americano e de todo o hemisfério sul do planeta – está longe de ser uma simples tarefa cotidiana para os seus mais de 11 Milhões de habitantes. Das opções existentes, o Metrô é de longe o meio mais rápido e barato para aqueles que querem locomover-se por São Paulo.

E foi exatamente isso que aprendi quando comecei a frequentar a cidade mais intensamente. Segui os perfis do MetrôSP no Facebook e Twitter, acompanhando frequentemente suas postagens para saber como estava o fluxo dos carros (como são chamados os vagões de cada trem do Metrô) e sendo surpreendida com postagens que iam muito além da simples prestação de serviço, como a linda homenagem ao aniversario de 459 anos da cidade, que contou com mais de 25.000 compartilhamentos e ganhou um Tumblr que apresentava diversos complementos possíveis para a afirmação postada.

MetroSP4

E eis que um dia, voltando para casa, percebo que o carro que estou não está com nenhum mapa com a malha metroviária da cidade (esse é aquele mapa com todas as estações e super importante para você poder se localizar, olha só como ele é aqui), mais do que prontamente twitto essa informação e para a minha surpresa recebo rapidamente uma resposta falando que informação foi averiguada e que o carro foi recolhido para correção.

MetroSP

Em um mundo que sugestões e reclamações parecem ser jogadas no lixo por grande parte das empresas privadas, receber um feedback, um feedback rápido, de uma empresa de capital misto e com forte presença governamental como o MetrôSP me impactou positivamente!

Fiquei curiosa para saber como funcionava a sua gestão de Social Media, como era o estrutura, quantas pessoas faziam esse trabalho.. E essa curiosidade me seguiu por algum tempo, até o momento que confessei em um InBox na pagina do MetroSP “Sou paulistana apaixonada por SP e utilizo com frequência o MetroSP..  e gostaria muito de fazer uma postagem sobre o trabalho realizado para o SocialMediaCast“. Não sabia quando e se iria receber uma resposta, quando mais uma vez sou surpreendida com o aceite do convite! 🙂

Ansiosa e feliz, fui muito bem recebida pelo Reginaldo Nogueira Seixas e Camila Bomfim de Sousa, respectivamente Assessor de Imprensa e Social Media, no prédio administrativo do sempre charmoso Centro de SP.

Em uma conversa de pouco mais de uma hora eles me contaram que a necessidade de participar do dialogo já existente nas redes sociais surgiu em meados de 2010, em uma ação conjunta do Departamento de Comunicação e Secretaria de Transporte da Cidade. Depois de muito estudo e um planejamento estruturado, o trabalho teve inicio em 2011. No incio era apenas o Facebook e o Twitter, com o tempo vieram estrategias mobile como o envio de denuncias anonimas por SMS e outras redes como o YouTube e Flickr.
Atualmente a equipe conta com dois profissionais full time e com licenças free para programas de monitoramento. Nenhum centavo foi gasto em FaceAds e mesmo assim a pagina do Facebook conta com pouco menos de 45.000 (até o fechamento dessa matéria).

MetroSP2
A grande sacada aconteceu antes do lançamento de qualquer canal oficial nas redes, e ela consiste em entender a necessidade de ter uma postura ativa e atuante; participando das conversas, gerando conteúdo, prestar um serviço de informação ao usuário (tanto com o “minuto a minuto” da operação, quanto com a divulgação de campanhas e ações de conscientização).
Com um alto padrão de qualidade, a equipe de Social Media não se permite cometer erros primários por agir com ansiedade e falta de planejamento; assim para a criação de um novo perfil em uma outra rede social muitas horas são investidas em reuniões e pesquisas para que o conteúdo tenha uma unidade e mantenha a mesma qualidade e identidade.

 

Se em tantos momentos debatemos as empresas que não possuem uma comunicação integrada On/Off, ações de Social Media que pecam pela falta de planejamento, empresas que nem se importam com suas menções (positivas, neutras ou negativas) e te deixam falando com as paredes, comunicação rasa de memes e mimimis.. Convido você, caro leitor do SocialMediaCast a acompanhar as redes do MetroSP e prestigiar o excelente trabalho realizado pela equipe!

E antes que eu me esqueça: Sim, eu amo São Paulo acho que já deu pra perceber e vejo o MetroSP como um belo cartão postal da cidade! Parabéns à TODOS dessa brilhante equipe 🙂

UpDate: Aproveito e deixo aqui os links dos canais oficiais do MetroSP nas redes, bem como o de novidades e projetos interessantes!
– Facebook.
– Twitter.
– YouTube.
– Flickr.
– Aplicativo Android e iOS do MetrôSP.
Direto do Metrô no seu navegador.
Livro Digital com acervo artístico do MetrôSP.
Biblioteca do MetrôSP.
Metrô, a melhor opção para conhecer SP.
Projeto Encontros.

Fonte: IBGE
Imagem: Arquivo

Zé Macaco

1 Comment

  1. Eu sempre achei o máximo essa prontidão de respostas do pessoal do Metrô e sempre mantive essa curiosidade que voê sanou antes de mim e por mim, Andrea.
    Só fiquei curioso em saber mais de como foi e é esse processo de estruturação pras redes.
    É um case complexo (e de sucesso) se tratando de um serviço público de uma cidade tão grande.
    De qualquer forma, obrigado por compartilhar!
    😉

Leave a Reply