Quem gosta de pagar imposto faz joinha.

O seu podcast sobre Marketing Digital

Quem gosta de pagar imposto faz joinha.

22/08/2013 Z?Ditorial 2

Ok, poucos s?o seduzidos ?a uma risada por esta frase que escolhi para figurar aqui no t?tulo e que, al?m de n?o ter a m?nima gra?a, ? totalmente sem p? e sem cabe?a para n?s brasileiros. Se existe algo que funciona muito bem aqui no Brasil ? o sistema de arrecada??o de impostos e a coisa n?o para neste est?gio n?o. J? se fala num futuro n?o muito distante em que as declara??es de IR, que tantas dores de cabe?a causam aos usu?rios, n?o precisar?o mais de preenchimento. Sim, ? isso mesmo, as pessoas n?o precisar?o mais declarar o que, quanto e onde gastaram seus suados dinheiros. Essa evolu??o se d? gra?as ao cruzamento de informa??es que cada vez mais nos cerca, ou seja, se eu for obrigado a colocar meu CPF em cada compra que fizer e se todos os pagamentos que forem feitos a mim vincularem o mesmo documento, pronto, o governo saber? o quanto sobrou ou faltou no final do m?s na minha conta, inclusive as moedas que est?o no meu bolso.

Eu n?o estou defendendo aqui a sonega??o e nunca faria isso, mas ? inconceb?vel que a efici?ncia do governo na arrecada??o n?o seja a mesma na aplica??o dos recursos e no controle do fluxo deste dinheiro evitando os desvios e o enriquecimento de poucos.

Pegando como exemplo a tributa??o do M?xico e da Escandin?via, ambos t?m uma tributa??o de 20% e 50%. Da? voc? pensa: Mas 50% ? muito. Agora eu te pergunto. Qual pa?s voc? gostaria que o Brasil tomasse como alvo? Entendeu? A tributa??o no pa?s gelado pode ser alt?ssima, mas o retorno com educa??o, sa?de, esporte ? alt?ssimo. Alt?ssimos aqui no Brasil, al?m dos valores que foram destinados aos dinossauros que receber?o a copa, s? mesmo os impostos.

Se voc? leu este texto at? agora, talvez esteja achando que ele est? no lugar errado e era pra ter sido postado num blog sobre contabilidade, quem sabe no contabilidadecast, #SQN. A bomba que pode cair no colo de todos aqueles que utilizam os servi?os prestados por empresas como Google, Facebook, iTunes e Netflix promete causar um estouro legal a? no seu bolso. E fique tranquilo que o governo assumir? a autoria deste atentado.

A bola foi levantada pela Associa??o Brasileira de TV por Assinatura e o governo comprou a ideia. A ABTA se diz injusti?ada com a falta de padr?o entre o que ela faz e o que as gringas deixam de fazer. Veja s?: uma tv a cabo aqui no Brasil tem uma s?rie de exig?ncias como a necessidade de exibi??o de conte?do nacional, recolhimento das taxas Ancine etc. J? o Netflix passa por cima de tudo isso? e exibe o bot?ozinho vermelho de play na TV da sua casa ou no seu dispositivo m?vel sem as mesmas obriga??es, a n?o ser o IOF de 6,38% se a cobran?a for feita l? de fora atrav?s de um cart?o de cr?dito internacional.

E a hist?ria n?o termina triste s? porque em 2014 seu Netflix pode ficar bem mais caro, mas isso afetar? muito nossa atividade que come?a a ganhar espa?o e o entendimento dos clientes porque est? se mostrando eficiente. Esta tributa??o incidir? tamb?m sobre os an?ncios nas redes sociais como Google e Facebook. Se hoje sua conta na hora de cobrar o cliente ? a soma do seu trabalho + o que o Facebook cobrou + 6,38%, esquece, t? chegando mais um n?mero pra te complicar.
Segundo a Folha de S?o Paulo que procurou o gigante Google, eles v?m com os dois p?s no peito e alegam que pagam todos os impostos cobrados aqui na terra da Dilma e que s? no ano passado devolveu aos cofres p?blicos 540 milh?es de reais al?m de gerar mais de 600 empregos.

Se viv?ssemos num pa?s s?rio onde os pol?ticos assumissem seus erros (em alguns pa?ses, h? pol?ticos que se matam de vergonha depois que v?o a p?blico pedir desculpas), e os recursos p?blicos fossem aplicados em prol da popula??o, o peso destas cobran?as talvez at? seria mais f?cil de ser entendido e aceito, mas do jeito que est?, n?o d?. #Vamosprarua?

 

2 comentários

  1. Luciano Filho disse:

    Realmente, Samuel. Se nossos governantes, de todas as esferas, tivessem mais consci?ncia e responsabilidade, e provassem ao seus eleitores que todos os impostos que pagam est?o sendo revertidos em a??es concretas, ?teis, o povo sentiria esse “impacto” de uma forma muito mais leve, como realmente acontece em alguns pa?ses na Europa, por exemplo.
    Mas, como sempre, “cada um no seu quadrado”.
    A aboli??o da declara??o formal e anual do IR seria uma utopia. S? de n?o ter de preencher todos aqueles dados seria um grande al?vio. Mas, sinceramente, como a biometria no sistema eleitoral, ainda estou pagando pra ver.
    Ent?o, enquanto esta cultura infernal de “roubar do povo e continuar enchendo o bolso de dinheiro” existir, o jeito mesmo ? colocar a boca no mundo e ir pra rua. #Vamosprarua?

  2. Samuel Gatti Robles @tanomeusite disse:

    Legal Luciano, por isso que considero os movimentos na rua, tirando de lado os marginais infiltrados, uma forma de pressionar. Os pol?ticos viram que o povo cansou. Vamos ver como ser? a elei??o no ano que vem. Eu vejo mudan?as em fun??o da press?o. Abra?os.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.